Sempre achamos que para automatizar nossa rotina vamos precisar encontrar um desenvolvedor que faça uma mágica e resolva nossos problemas. Nem sempre!

Algumas integrações podem ser feitas por nós mesmos, sem ter nenhum conhecimento em programação. Para isso, basta ter um pouco de criatividade e coragem para iniciar.

Entenda a função dos Zaps e como buscar o que precisa!

Sou iniciante

O que é o Zapier?

O Zapier é uma ferramenta de automatização. Ele conecta diversos serviços entre si para executar tarefas e interações por você.

A interação é feita através de workflows. Que basicamente indica que ele é iniciado por um evento (trigger). Além disso, ele pode executar uma ou mais ações (actions) baseadas nesse evento

E dependendo da ação, ela pode ser enriquecida com uma busca (search) que serve para encontrar informações que não estão nos eventos e servem como gatilhos pré-estabelecidos para as ações

Podemos também, configurar as ações do Zap para acontecer em um ou mais serviços, como por exemplo: Mailchimp, Facebook, Gmail, RD Station. 

O que torna as possibilidades de integração flexíveis e bem completas de acordo com o seu objetivo.   

Como funciona?

Como um workflow, o Zapier precisa iniciar com um evento, então, precisamos identificar qual será seu evento primeiro.

 Os eventos podem ser desde a criação de uma pessoa na Agendor, o cadastro de um lead no RD Station até um novo e-mail na sua caixa de entrada do Gmail.

Uma vez idenficado o evento, vamos identificar a ação. "Quando o evento acontecer, o que devo fazer com as informações que recebo?", essa é a pergunta a ser respondida.

Ainda não entendeu? Vamos usar um exemplo! 

Digamos que você esteja usando uma landing page do RD Station para capturar leads. O evento que podemos usar é: "um novo lead que se cadastrou".

Quando esse evento ocorrer queremos passar esse lead para a Agendor.  Essa é a ação a ser executada toda vez que esse evento ocorrer (causa e efeito). 

Em alguns casos, será necessário adicionar uma busca de informações para completar a ação ou validar se ela vai ocorrer. 

Essa busca pode ser feita em outra plataforma, como, Dynamics ou até mesmo em uma planilha do Google Sheets. E depois, resultar em gatilhos para gerar as ações.

Já sabe o que pode fazer e não é mais um iniciante? Então, veja como começar a utilizar, aqui!

Confira os vídeos de integrações

Encontrou sua resposta?