Nas linhas abaixo, vamos mostrar como importar contatos do Pipedrive para o Agendor. Mas além disso, você pode querer importar outros dados, como pessoas, negócio, tarefas e muito mais.

Para isso, basta seguir os mesmos procedimentos que vamos apresentar a seguir, em cada uma das abas de informações de seu interesse. Mas, antes de começar, fique de olho nestas dicas preliminares!

Como migrar contatos do Pipedrive para o Agendor: dicas gerais

Podemos dizer que para fazer uma importação de dados do Agendor sem problemas, você sempre deve seguir um padrão.

Assim, para trazer informações de outros sistemas, seja quais forem, (Pipedrive, ERPs, sistemas desenvolvidos internamente etc.) para dentro do sistema Agendor, isso se dará a partir do procedimento de importação de dados.

E o processo de importação do Agendor se baseia sempre em planilhas modelo que devem ser alimentadas com os dados importados. Posteriormente, essas planilhas serão importadas para o Agendor.

Portanto, essas planilhas modelo servem como um aponte ente o outro sistema e o sistema Agendor.

Assim, mesmo que você tenha uma planilha pronta com as informações que precisa importar para o CRM Agendor, será necessário adapta-la para o formato dessas planilha molde.

Fique atento: essa será a única forma do Agendor “ler” e de fato, importar esses dados da forma correta. Se você tentar importar qualquer planilha, é muito provável que a importação dê erros porque os campos e as colunas não são correspondentes.

As informações de Agendor estão divididas entre em 4 abas:

  • Empresas
  • Pessoas
  • Negócios
  • Tarefas

E para que cada um desses conjuntos de dados cheguem corretamente, é fundamental que você faça uma importação específica para cada uma dessas abas. E essa importação deve seguir a seguinte ordem:

  • 1ª importação da planilha de Empresas
  • 2ª importação da planilha de Pessoas
  • 3ª importação da planilha de Negócios
  • 4ª importação da planilha de Comentários/Tarefas

ATENÇÃO: Em cada uma das abas, você encontra a planilha molde específica.

Para você entender isso melhor, vamos mostrar um passo a passo de como importar contatos do Pipedrive para o Agendor.

Importante: diferença entre a formatação dos dados de contato do Piepdrive para o Agendor!

A maior dificuldade ao exportar os contatos do Pipedrive é o fato do endereço das organizações estarem acoplados em um mesmo campo. Sabemos que a maioria dos sistemas utilizam o campo de endereço divido em Cidade, Estado, País, Logradouro, CEP, Complemento.

A partir disso, vimos que, embora o Pipedrive obtenha o endereço “automaticamente” em um campo só, essa informação é desmembrada internamente e fica disponível para você editar a sua visualização. Vamos explicar com mais detalhes como obter essa informação.

É importante destacar também que esse recurso de auto-completar, não funciona adequadamente todas as vezes.

Esse problema com a atualização do CEP pode ser visto melhor ao cadastrarmos uma nova Organização/Empresa:

Note que é necessário informar o endereço completo, mesmo que o preenchimento seja automático e mesmo assim, o sistema não trouxe o CEP.

Como importar dados de empresas do Pipedrive para o Agendor

Para começar, quando você abrir a aba do Pipedrive para buscar os dados das empresas, você notará que ela se chama “Organizations”. Alem disso, as colunas não são exatamente as mesmas. Portanto, mais adiante, você deverá adaptar todas essas nomenclaturas.

Assim, você vai clicar no ícone de 3 pontinho no canto direito da tela, selecionar “Export” e, em seguida, definir o formato “XLS (Excel)” na janela que irá aparecer.

A planilha exportada será semelhante a esta:

Agora, você precisa baixar a planilha modelo correspondente no Agendor.

Vá para a aba “Empresas” do Agendor e clique em “Importar”:

Em seguida faça o download da planilha modelo, clicando em “arquivo de exemplo”:

A planilha modelo do Agendor será semelhante a esta:

Portanto, se você reparar, os campos são diferentes dos campos da planilha do Pipedrive.

Agora, faça um “copiar e colar”, coluna por coluna, fazendo a relação correta. Por exemplo: “Organization” no Pipedrive corresponde no Agendor a “Nome fantasia”.

Você precisa interpretar os dados da planilha importada e relacionar com a coluna correspondente no modelo do Agendor. Lembre-se que o endereço é bem diferente, como explicamos no tópico anterior.

Agora, volte para esta janela do Agendor:

Clique em “Escolher arquivo”, selecione a planilha que você adaptou e depois clique em “Enviar”.

Pronto! Dessa forma os campos vão corresponder à maneira como os dados são usado no Agendor. Você vai poder usar todas as informações que coletou sobre seus cliente e fazer um excelente trabalho de CRM.

Agora, basta reproduzir o mesmo procedimento para as outras abas!

Criamos também uma demonstração em vídeo para mostrar esse procedimento de migração de dados na prática:

Encontrou sua resposta?